O movimento "NEPE Brasil" constitui uma rede de NEPEs espalhados por todo o território brasileiro e que visa unir esforços para a melhor compreensão dos ensinos do Cristo à luz do Espiritismo, conforme a máxima do benfeitor espiritual Emmanuel: "Jesus, a porta. Kardec, a chave".

Sobre o NEPE

O Núcleo de Estudo e Pesquisa do Evangelho (NEPE) surgiu em 2013 a partir de uma iniciativa da Federação Espírita Brasileira (FEB). Fundamentalmente, a proposta do NEPE é realizar um estudo minucioso do Evangelho à luz do Espiritismo, congregando esforços de pesquisadores sérios e o inestimável auxílio das revelações espirituais obtidas através de médiuns reconhecidamente sintonizados com a Espiritualidade Superior, como Chico Xavier. Para a aferição do conteúdo das revelações mediúnicas, seguimos as orientações que Allan Kardec deixou em O Evangelho Segundo o Espiritismo, no item "Controle Universal do Ensino dos Espíritos".

A justificativa para a criação do NEPE encontra-se na pergunta 625 de O Livro dos Espíritos. Nessa questão, Allan Kardec indaga o seguinte: "Qual o tipo mais perfeito que Deus tem oferecido ao homem, para lhe servir de guia e modelo?". E a resposta obtida foi esta: "vede Jesus". Considerando-se, então, a grande necessidade de conhecimento dos ensinos de Jesus, dentro do contexto e das peculiaridades de sua época, o NEPE surge como uma proposta para atender ao anseio de espíritas, bem como de estudiosos do Evangelho como um todo, na busca de melhor entender as lições imortais do Mestre Jesus a fim de transformar os corações e viver plenamente a lei de Amor.

Seguindo o ensino dado pelo Espírito Israelita no capítulo I de O Evangelho Segundo o Espiritismo é necessário compreender os costumes e acontecimentos que marcaram a vivência do povo hebreu, berço da primeira e segunda revelação: "o povo hebreu foi o instrumento de que se serviu Deus para se revelar por Moisés e pelos profetas, e as vicissitudes por que passou esse povo destinavam-se a chamar a atenção geral e a fazer cair o véu que ocultava aos homens a divindade".

E como Agenda, o NEPE estrutura-se em um lema ("pequenos atos promovem grandes revoluções") e nos seguintes termos:

Confiança, diálogo, diversidade, transparência, encontro, auto-organização, exemplo, consistência, descontração, entusiasmo, doação, simplicidade, objetividade e comprometimento.

Tudo isso tendo como foco principal as pessoas.

Portanto, o NEPE é também mais uma oportunidade de vivência dos valores humanos e do exercício da fraternidade por meio da convivência em torno do maior código moral legado à humanidade: o Evangelho do Cristo.

(Texto extraído do site do NEPE Brasil)

© 2019 NEPE Paulo de Tarso

  • YouTube
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • SoundCloud